Publicidade

Notícias de saúde

Comitê de 50 Países Rejeita Risco de Doenças por Urânio

25 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Um comitê de 50 países montado às pressas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) há duas semanas não encontrou evidências, até agora, de que as munições de urânio empobrecido possam causar câncer, disse o órgão na quarta-feira.

Soldados que serviram na força de paz da Otan na Bósnia e em Kosovo -- onde aviões dos Estados Unidos usaram cerca de 40 mil cápsulas de urânio -- não ficaram mais doentes do que aqueles que não serviram.

O porta-voz da Otan Mark Laity disse que era "bem possível" que pequenos traços de plutônio -- que é altamente radioativo -- e urânio 236 apareçam no solo dos Bálcãs agora sendo analisado por especialistas.

"Não estamos prevendo isso ... não vamos ficar surpresos nem preocupados", disse ele, ressaltando que evidências científicas mostram que os traços seriam pequenos demais e "não aumentam de forma alguma os riscos baixos para a saúde já existentes".

Os efeitos tóxicos do urânio empobrecido, um metal pesado usado para penetrar em blindados, podem levar a problemas nos rins se a poeira for ingerida em quantidade suficiente.

A mera menção do plutônio, entretanto, pode gerar ataques de governos europeus sensíveis quanto ao meio ambiente.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: