Publicidade

Notícias de saúde

Até o último suspiro: explorando os conceitos de esperança entre pais e profissionais da saúde durante a doença grave de uma criança

11 de agosto de 2009 (Bibliomed). Pesquisadores da cidade de Baltimore, nos Estados Unidos investigaram o conceito de esperança para famílias e profissionais pediátricos durante a doença grave de uma criança. Os pais, pediatras, residentes e enfermeiras (n=39), responderam a questões padronizadas relacionadas com suas definições de esperança, seu papel na decisão médica, e os benefícios e prejuízos da esperança em grupos de discussão. A pesquisa foi publicada na revista Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine em julho de 2009.

As análises foram realizadas com base em fitas de áudio gravadas. Enquanto os participantes identificaram diversos elementos comuns em suas definições de esperança, os pais identificaram seu papel como portadores da esperança. Os profissionais de saúde associaram a esperança a uma evolução positiva.

Alguns médicos relataram dificuldade em manter a esperança diante de dados prognósticos; outros reconheceram a importância da esperança da família. As enfermeiras encontraram dificuldade particular nas decisões dos pais frente a tratamentos que prolongavam o sofrimento das crianças.

Os pesquisadores concluíram que a tensão entre manter a esperança e aceitar a realidade do prognóstico pode ser diminuída quando se sabe que os pais se consideram os portadores da esperança. Apoiar as famílias durante as mudanças na esperança pode permitir que os profissionais da saúde participem junto com os pais, enquanto mantém um diálogo honesto.

Fonte: Arch Pediatr Adolesc Med. Volume 163, Issue 7, jul 2009. Pages 653-657

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: