Publicidade

Notícias de saúde

Jovens dos EUA São Os Que Mais Fazem Sexo, Indica Pesquisa

KUALA LUMPUR (Reuters) - Os norte-americanos foram os que fizeram sexo com maior frequência este ano, enquanto adolescentes e jovens adultos no Japão tiveram a menor atividade sexual, indicou uma pesquisa mundial feita por um fabricante inglês de camisinhas na terça-feira.

Os norte-americanos também foram os mais rápidos a perder a virgindade, mas os franceses ficaram na frente no número de parceiros, afirmou a empresa SSL International, que fabrica as camisinhas Durex.

"Em média, as pessoas fazem sexo 96 vezes ao ano", disse a companhia, que entrevistou 18 mil pessoas entre 16 e 25 anos.

"Os norte-americanos dizem desfrutar do sexo 132 vezes por ano, seguidos pelos russos (122), franceses (121) e gregos (115)."

A pesquisa indicou que os jovens japoneses fizeram sexo 37 vezes ao ano, enquanto os malaios o fizeram 62 vezes e os chineses, 69 vezes.

A maioria do alemães disse ter aprendido sobre o sexo com a mãe, e os norte-americanos atribuem seu conhecimento no assunto aos pais.

Os italianos afirmaram ter obtido seu conhecimento com os irmãos e irmãs e os franceses, com os seus parceiros na cama.

Os norte-americanos foram os que mais cedo começaram a fazer sexo, com a idade média de 16,4 anos, seguidos pelos brasileiros, aos 16,5 anos, e pelos franceses, com 16,8 anos.

Os franceses também parecem ter o maior número de parceiros sexuais, em média 16,7 cada. Os gregos ficaram em segundo, com 15 parceiros por pessoa, seguidos pelos brasileiros com 12,5 e os norte-americanos, com 11,8.

Os mais fiéis aos seus parceiros foram os indianos: 82 por cento afirmaram ter feito sexo com apenas uma pessoa.

A pesquisa indicou que 61 por cento dos entrevistados entre 16 e 20 anos e 52 por cento daqueles com 21 e 24 anos preferiam a camisinha como método anticoncepcional.

Treze por cento dos entrevistados afirmaram não usar nenhum método anticoncepcional, e oito por cento disseram usar métodos naturais.

A enquete também afirmou que a maioria dos homens considera as estrelas norte-americanas Madonna e Jennifer Lopez as celebridades mais atraentes. A supermodel Cindy Crawford e a atriz Demi Moore ficaram em segundo lugar, seguidas pela atriz Julia Roberts.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: