Publicidade

Notícias de saúde

Estresse elevado no trabalho aumenta risco de licença médica por problemas mentais

25 de setembro de 2015 (Bibliomed). Altos níveis de estresse no trabalho podem aumentar o risco de licenças médicas por doença devido a distúrbios da saúde mental, mas este risco é reduzido com o aumento da atividade física. Isto é o que informa pesquisa publicada na edição de agosto de 2015 do Journal of Occupational and Environmental Medicine.

Os pesquisadores analisaram dados de 11.729 trabalhadores na Suécia. Em cinco anos, cerca de 8 por cento dos trabalhadores tiveram uma licença médica de saúde mental. Três quartos das pessoas que tiveram uma licença médica de saúde mental eram mulheres.

Trabalhadores com empregos exigentes, de alta tensão no trabalho e pouco apoio social no estavam sob maior risco de licença médica por causa ligada à saúde mental, assim como aqueles trabalhadores que tinham estilos de vida insalubres. O tabagismo foi um fator de risco significativo para a licença médica de saúde mental, mas o uso de álcool não foi. Porém, altos níveis de atividade física reduziram o risco de licença médica por causas ligadas à saúde mental.

Segundo os autores, as intervenções para reduzir a licença médica devido a transtornos mentais que se concentram em melhorar o ambiente psicossocial do trabalho, especialmente reduzir as elevadas exigências do trabalho psicossocial, pode revelar-se eficazes.

Fonte:  Journal of Occupational & Environmental Medicine: August 2015 - Volume 57 - Issue 8 - p 858–865

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: