Publicidade

Notícias de saúde

Filho de Vítima de Enfarte tem Risco de Doença do Coração

BOSTON (Reuters) - Se sua mãe ou seu pai sofreram um enfarte antes de 60 anos, são grandes as chances de seus vasos sanguíneos já mostrarem sinais de doenças cardíacas, de acordo com um estudo publicado na quinta-feira em The New England Journal of Medicine.

Pesquisadores liderados por Giovanni Gaeta, do Hospital Cardarelli, em Nápoles, Itália, descobriram, através de exames de ultra-som em 80 participantes, que pessoas entre 6 e 30 anos, cujos pais sofreram um enfarte prematuro, apresentavam vasos sanguíneos 11 por cento mais espessos e que reagiam mais lentamente quando a circulação em um braço era interrompida.

O espessamento gradual das artérias e a lentidão com que a artéria mantém o fluxo sanguíneo são sinais precoces de aterosclerose, a formação de depósitos de gordura no revestimento das artérias que, eventualmente, pode levar a enfarte.

"Há muito tempo, sabemos que o histórico familiar é um fator de risco para doenças cardíacas, no entanto, não era claro ainda quando anormalidades cardiovasculares se tornavam evidentes", disse Gene Bond, do Centro Médico Batista, da Universidade Wake Forest.

Os pesquisadores afirmaram que as técnicas de ultra-som "podem fornecer informações importantes de alterações precoces" que, eventualmente, levam a um enfarte.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: