Publicidade

Notícias de saúde

Consumo de vegetais e prevenção a diabetes e depressão ajudam a evitar a demência

09 de agosto de 2010 (Bibliomed). Considerando que os genes estão associados a apenas 7% dos casos de demência, incluindo doença de Alzheimer, as pessoas podem prevenir essa condição marcada por problemas cognitivos com mudanças no estilo de vida, como o aumento no consumo de frutas, verduras e legumes, segundo estudo francês e inglês recentemente publicado no British Medical Journal.

Avaliando mais de 1,4 mil pessoas saudáveis com mais de 65 anos de idade no sul da França, os pesquisadores descobriram que um maior consumo de frutas e hortaliças, aliado à prevenção ao diabetes e à depressão, pode reduzir em 21% os riscos de desenvolver demência. Além disso, o aumento da escolaridade - anos de educação formal - poderia reduzir em 18% as chances de os idosos terem a doença nos sete anos seguintes.

De acordo com os autores, embora esses resultados possam apenas fornecer uma “estimativa bruta” do impacto sobre a incidência, eles trazem importantes dicas sobre as prioridades de saúde pública na prevenção da doença. “Iniciativas de saúde pública podem focar em encorajar a alfabetização em todas as idades - independentemente da capacidade -, no tratamento imediato dos sintomas depressivos e na triagem para intolerância à glicose e resistência à insulina (estágios iniciais de desenvolvimento do diabetes)”, destacaram.

Entretanto, os especialistas defendem que outros estudos incluindo adultos mais jovens são necessários para testar o impacto dessas medidas de intervenção e desvendar seu mecanismo biológico associado à possível redução dos riscos de demência.

Fonte: British Medical Journal. 05 de agosto de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: