Publicidade

Notícias de saúde

Medicamentos de controle do colesterol aumentam os riscos de diabetes, indica estudo

19 de fevereiro de 2010 (Bibliomed). A popular classe de medicamentos de controle do colesterol conhecida como estatinas pode aumentar os riscos de desenvolver diabetes tipo 2, segundo revisão de estudos publicada esta semana na revista científica The Lancet. De acordo com os autores, porém, os benefícios dessas drogas são bem maiores que seus riscos para a saúde.

Avaliando 13 estudos sobre os efeitos adversos das estatinas, incluindo mais de 91 mil participantes, os pesquisadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, descobriram que o uso desses medicamentos pode aumentar em 9% os riscos de diabetes tipo 2, principalmente em idosos. Mas, segundo os pesquisadores, isso não quer dizer que as estatinas tenham efeito direto no aumento do risco de diabetes, pois pode haver um fator indireto relacionado.

De acordo com os especialistas, os riscos absolutos de ter diabetes por causa das estatinas seriam muito pequenos, principalmente se comparados com os benefícios dessas drogas na redução do risco de infarto e de outras complicações cardiovasculares. Para ilustrar isso, os pesquisadores destacam que o tratamento de 255 pessoas com estatinas por quatro anos estaria associado a um caso extra de diabetes, mas, ao mesmo tempo, evitaria cinco casos sérios de eventos cardiovasculares, incluindo infarto e morte cardíaca.

Os pesquisadores destacam que os resultados da revisão de estudos não devem mudar as recomendações de uso das estatinas entre aqueles com risco moderado a alto de doença cardíaca, mas o potencial risco de diabetes deve ser considerado nos tratamentos de pessoas com baixo risco cardíaco. "Os benefícios em prevenir eventos vasculares total para os riscos de diabetes está em uma taxa de 9 por 1 em favor do benefício cardiovascular - os benefícios parecem muito superiores aos riscos", escreveu o pesquisador Christopher Cannon, da Universidade de Harvard, em editorial da publicação.

Fonte: The Lancet. 17 de fevereiro de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: