Publicidade

Notícias de saúde

Sydney Abre Caminho Para Nova Geração de Testes Antidoping

Por Belinda Goldsmith

CANBERRA (Reuters) - O primeiro teste do mundo a detectar uma das drogas mais usadas no esporte, a eritropoietina (EPO), acabará com as trapaças nas Olimpíadas de Sydney e encabeçará uma nova geração de testes para drogas, disse um dos cientistas responsáveis pela descoberta.

Cientistas australianos e franceses desenvolveram pela primeira vez no mundo exames de sangue e urina, respectivamente, que servem para detectar a EPO.

Os exames foram aprovados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta semana.

O médico Peter Davis, que liderou um projeto de dois anos no Instituto Australiano de Esportes (AIS) para desenvolver o exame de sangue, disse que a descoberta foi um grande avanço.

"Nenhum atleta poderá vir a Sydney usando EPO e achar que pode passar ileso", disse Davis à Reuters.

O COI planeja fazer de 300 a 700 testes, começando no dia 2 de setembro, quando os competidores começarem a chegar à Vila Olímpica.

Segundo Davis, o desenvolvimento do exame teria também grande impacto após os Jogos, que duram de 15 de setembro a 1o de outubro. O COI mudou suas regras e optou por permitir exames de sangue, assim como os de urina.

"Fazer exames de sangue abre a porta para vários outros testes que podem ser feitos", disse ele.

Há dez anos o mundo do esporte luta contra a EPO, que não podia ser detectada e aumentava dramaticamente o desempenho em esportes que precisam de resistência, como ciclismo, corridas de fundo e remo.

A EPO é produzida pelo corpo humano, mas foi sintetizada em 1987 por uma empresa para ser usada no tratamento de doenças do rim.

Os atletas começaram então a usar a droga. Ela estimula a produção de glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio pelo corpo.

A droga pode ser fatal, deixando o sangue tão grosso que leva o sistema circulatório a um colapso, causando alta pressão sanguínea, trombose e enfarte.

Segundo Davis, no início da década de 90 havia relatos de cerca de 20 mortes por ataque cardíaco entre atletas de elite. Suspeita-se que eles estivessem usando EPO.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: