Publicidade

Notícias de saúde

Azia Faz Norte-Americanos Perderem o Sono

Por Todd Zuillich e Charnicia Huggins NOVA YORK (Reuters Health) - Os Estados Unidos estão literalmente perdendo o sono por causa da azia noturna, segundo resultados de um levantamento divulgado quinta-feira pela Associação Americana de Gastroenterologia (AGA).

"Cerca de 80 por cento dos que sofrem de azia, aproximadamente 50 milhões de pessoas, têm azia noturna pelo menos uma vez por semana", informou o ex-presidente da AGA, Donald Castell.

"Cerca de 45 milhões têm sintomas noturnos fortes, o suficiente para que sua capacidade de dormir seja influenciada negativamente", acrescentou Castell. Um levantamento do instituto Gallup com mil pessoas que têm de azia revelou que 65 por cento sofrem azia noturna e diurna.

Aproximadamente 75 por cento dos que têm azia noturna relataram problemas para adormecer ou manter o sono por causa dos sintomas. Outros 40 por cento declararam que a azia noturna afeta o desempenho no trabalho no dia seguinte.

Conforme Willian Orr, membro do corpo de diretores da Fundação Nacional do Sono, "o sono ruim é uma epidemia nos Estados Unidos" e a azia noturna aumenta o problema.

Como resultado das descobertas do levantamento, a AGA vai lançar uma campanha educacional sobre azia noturna denominada Esforços para o Alívio da Azia Noturna.

"O objetivo será educar os pacientes sobre os sintomas, sobre o que podem fazer a respeito, qual a importância e também educar os clínicos porque existem muitos que não estão totalmente advertidos sobre a importância desse sintoma", explicou Castell.

A azia é uma dor ou um desconforto sentidos no peito quando os ácidos do estômago voltam até o esôfago, uma condição conhecida como refluxo. Conforme o pesquisador, o refluxo crônico pode levar à doença do refluxo gastroesofágico (Gerd, sigla em inglês para gastroesophageal reflux disease), distúrbio conhecido por aumentar o risco de câncer esofágico.

Conforme o relatório, cerca de sete em cada dez pacientes observados disseram que tomam algum tipo de medicamento para azia. Entre os que tomam medicamento para controlar os sintomas noturnos, "45 por cento relataram que os remédios atuais não aliviam todos os sintomas e mais da metade concordou que tentaria qualquer coisa nova para aliviar a azia durante a noite".

Mudar o estilo de vida continua sendo a melhor forma de evitar a azia noturna, aconselha Castell. Para ele, os anúncios de antiácidos são desestimulantes porque implicam em permitir que pessoas comam alimentos gordurosos e em grande quantidade e usem antiácidos para aliviar os sintomas do refluxo.

Castell recomenda que pessoas com azia deveriam evitar alimentos muito gordurosos e deixar um espaço de duas a três horas entre comer e dormir. Deveriam evitar chocolate, cigarros e álcool, já que podem contribuir para piorar os sintomas.

Outros tipos de prevenção para o refluxo incluem perda peso se estiver acima do peso, evitar roupas apertadas e diminuir o tamanho das porções de comida a cada refeição.

O levantamento foi autorizado pela Associação Americana de Gastroenterologia com verba do Laboratórios Wyeth-Ayerst, empresa farmacêutica que produz tratamentos para refluxo e doença do refluxo gastroesofágico. Conforme Castell, a empresa "não influenciou de forma alguma" na coleta e interpretação dos dados do levantamento.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: