Publicidade

Notícias de saúde

Espondilite anquilosante leva à maior disfunção sexual nos homens

19 de dezembro de 2006 (Bibliomed). A espondilite anquilosante (EA) é uma doença inflamatória crônica sistêmica que afeta o esqueleto, sendo o seu achado mais característico o acometimento da junção sacrilíaca, e ocasionalmente ocorre acometimento de toda a coluna vertebral e de outras regiões. A inaptidão é uma conseqüência das lesões inflamatórias das estruturas mencionadas, sendo os seus principais sintomas a dor, a rigidez, e as restrições físicas. O distúrbio é mais freqüente no sexo masculino.

Buscando avaliar a ocorrência de disfunção sexual conseqüente à espondilite anquilosante, pesquisadores turcos analisaram uma população de portadores desta doença. Os resultados de sua pesquisa foram publicados na revista Rheumatology International, em sua edição online.

Foram estudados 65 pacientes do sexo masculino, com idades entre 20 e 60 anos de (média de 32 anos), portadores de quadro de espondilite anquilosante, e que foram comparados a 45 homens sadios, que se constituíram no grupo controle. Através de respostas a questionários, foi avaliada a ocorrência de disfunção sexual nos indivíduos.

Nos resultados da análise, comparados a indivíduos saudáveis, os pacientes com espondilite anquilosante tiveram uma atividade sexual significativamente menor, menor ereção, e menor satisfação global. Os índices de ejaculação foram também menores, porém não estatisticamente significativos. Além disso, foi observado que em pacientes com EA, a deficiência orgânica sexual foi associada com depressão e mobilidade limitada.

Os autores do estudo concluíram que a taxa de incidência de deficiência sexual é mais alta em pacientes portadores de espondilite anquilosante, quando comparados às pessoas saudáveis.

Fonte: Rheumatology International. 2006 Nov 9.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: