Publicidade

Notícias de saúde

Indústria do tabaco escondeu informações sobre o perigo do fumo passivo

17 de novembro de 2004 (Bibliomed). Artigo recém publicado na respeitada revista médica The Lancet mostra que a indústria do tabaco Philip Morris já sabia a muito tempo dos malefícios causados pela fumaça inalada no ambiente onde houvesse alguém fumando, mas escondeu como pôde essas informações.

Apesar de ter mentido por muitos anos, alegando que não era capaz de pesquisar os efeitos tóxicos do tabaco no organismo, o nome da empresa aparece em relatórios recentemente trazidos à tona, e que mostram que a empresa não só sabia em detalhes as ameaças que o tabagismo (inclusive o passivo) representa à saúde, mas também manipulou os resultados de pesquisas sobre o assunto a fim de que não sofresse retaliações da sociedade.

De acordo com a Lancet, os dados divulgados, além de não terem obtido a repercussão esperada, diferem em muito daqueles mantidos em sigilo pela empresa.

Fonte: The Lancet Volume 364, Number 9447 - 13 November 2004

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: