Publicidade

Notícias de saúde

Aumentam os casos de gonorréia resistente aos antibióticos

04 de Maio de 2004 (Bibliomed).Um aumento dramático no número de casos de gonorréia antibiótico-resistentes nos Estados Unidos. incitou o CDC - Centers for Disease Control - a emitir novas diretrizes para o tratamento da gonorréia para homens homossexuais e bissexuais.

Um novo estudo do CDC que analisou homens atendidos por doenças sexualmente transmitidas (DSTs) em 23 clínicas de cidades norte-americanas demonstrou que o número de casos de gonorréia resistente ao grupo de antibióticos comumente usados para tratar a doença mais que dobrou de 2002 a 2003, aumentando de 0.4% para 0.9%. Estes antibióticos são conhecidos como fluoroquinolonas e incluem a ciprofloxacina, a ofloxacina, e a levofloxacina. Estes antibióticos são relativamente baratos e podem ser tomados em uma única dose por via oral para tratar a infecção.

A gonorréia é causada por bactérias que invadem as membranas mucosas dos órgãos genitais e das vias urinárias. A infecção pela gonorréia pode facilitar a transmissão do HIV.

Segundo o grupo de prevenção das DSTs do CDC, os dados mostram que a prevalência da gonorréia resistente a fluoroquinolona entre homens que fazem sexo com homens é de aproximadamente 5%.

Por isto, o CDC está agora recomendando que as fluoroquinolonas não sejam mais usadas como um tratamento de primeira linha para gonorréia entre este grupo de homens em qualquer lugar nos Estados Unidos.

Fonte: CDC telebriefing, April 29, 2004

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: