Publicidade

Notícias de saúde

Alho Pode Reduzir Risco de Doenças Cardíacas

NOVA YORK (Reuters Health) - Por séculos, pessoas contam com o poder do alho para tudo, desde melhorar a performance atlética até afinar o sangue. A planta foi encontrada até em tumbas do antigo Egito e de Roma. Agora, pesquisadores descobriram o que talvez seja seu principal efeito: reduzir o risco de doenças cardíacas.

"Em seu conjunto, os estudos publicados sugerem que o uso apropriado de derivativos do alho pode desempenhar um papel na manutenção da função cardíaca mais adequada", disseram Michelle H. Loy e Richard S. Rivlin, do Centro de Câncer Memorial Sloan-Kettering e da Faculdade Médica Weill, da Universidade Cornell, em Nova York.

Os pesquisadores analisaram o efeito do alho sobre fatores de risco de doenças cardíacas em estudos publicados. Diversos estudos sugerem que o alho pode diminuir o colesterol total, o LDL (o "mau" colesterol) e a pressão sanguínea. Ele também pode ajudar a afinar o sangue, reduzindo o risco de coágulos e derrame, e funcionar como um antioxidante.

Os antioxidantes neutralizam o efeito dos radicais livres, moléculas que são um produto natural do metabolismo e que danificam o DNA e levam a doenças crônicas, assim como ao envelhecimento.

Entretanto, nem todos os estudos demonstraram uma relação entre o alho e um risco reduzido de doenças cardíacas, observaram os pesquisadores. Por isso, eles afirmam que há a necessidade de mais estudos sobre como o alho pode ajudar a reduzir o colesterol, quais são compostos específicos que podem reduzir o risco de doenças cardíacas e quais são as doses eficazes desses compostos.

"Pesquisas futuras são necessárias para examinar as relações de estrutura e função dos diversos derivativos do alho, as quantidades de alimento e suplemento exigidos para sua eficácia e os possíveis efeitos da combinação do alho com outros nutrientes e medicações", concluíram Loy e Rivlin.

FONTE: Nutrition in Clinical Care 2000;3:145-152.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: