Publicidade

Notícias de saúde

Álcool e cafeína podem provocar envelhecimento precoce e aparecimento de doenças neurodegenerativas

27 de Novembro de 2002 (Bibliomed). A combinação de energéticos e bebidas alcoólicas pode ser perigosa. Uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), apresentada no 10º Congresso de Iniciação Científica da universidade, mostrou que o etanol acelera a morte programada de células do sistema nervoso central e que esse efeito é potencializado pela cafeína, um dos principais componentes dos energéticos.

Os pesquisadores verificaram que, em doses altas, o etanol e a cafeína atuam sobre um mecanismo natural pelo qual as células se autodestroem – a apoptose. Isso acontece para que haja renovação celular e para prevenir contra a proliferação de células defeituosas. Em condições normais, essa morte de células resulta de estímulos específicos que correspondem a uma "programação", inscrita no código genético. Mas, as altas concentrações de etanol e cafeína quebram o "planejamento", fazendo com que as células morram antes do previsto.

A pesquisa analisou astrócitos, que são células conectadas a neurônios, intimamente relacionadas à transmissão dos estímulos nervosos. A morte desses agentes pode prejudicar as atividades motoras e cognitivas, já que nem sempre a apoptose é seguida de renovação celular – a substituição depende do tipo de tecido, da idade da pessoa e de determinações genéticas. A apoptose está relacionada ainda a doenças degenerativas do sistema nervoso central, como os males de Alzheimer e Huntington.

O que ocorre dentro da célula que tem sua morte adiantada poderá vir a ser uma das chaves para futuros tratamentos. Estudos sugerem que a apoptose provocada pelo álcool e pela cafeína ocorre por um acúmulo excessivo de cálcio no interior das células. Logo, bloqueadores de cálcio poderiam impedir a morte celular precoce. Ainda não é possível afirmar se o dano ocorre na mesma proporção em uma pessoa, uma vez que as experiências foram realizadas com ratos. Os cientistas pretendem descobrir qual a concentração de álcool e cafeína que começa a induzir à morte celular.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: