Publicidade

Notícias de saúde

Especialistas discutem a importância das técnicas empregadas por profissionais de enfermagem

São Paulo, 16 de Maio de 2001 (eHealthLA). O corpo de enfermagem de um hospital faz mais do que ministrar medicamentos, trocar curativos e controlar temperaturas.

Integrado por profissionais de nível superior e médio, esse contingente que trabalha nos bastidores do setor de saúde, movimenta-se norteado por um processo denominado Sistematização da Assistência de Enfermagem, que além de dar suporte à equipe clínica, fornece as bases para um tratamento global dos pacientes.

Segundo Raquel Rapone Gaidzinski, diretora do Departamento de Enfermagem do Hospital Universitário, em São Paulo, a sistematização consiste em um processo de levantamento do quadro clínico do paciente, assim que ele dá entrada numa unidade de internação, por intermédio de um histórico constituído por exames físicos e entrevista.

"O emprego das técnicas agiliza as avaliações dos pacientes e o desenvolvimento de pesquisas na área, além de contribuir para a sua evolução constante", enfatiza Raquel.

Para a especialista, a intenção é deter o processo evolutivo de qualquer outra afecção e contribuir para a sua solução. A sistematização também se preocupa com a prescrição e o controle de medicamentos e suas reações.

“Faz-se um relatório de problemas, além daqueles que motivaram o ingresso do paciente no hospital, para que sejam checados e resolvidos, afim de que outras questões não compliquem o quadro geral.

Humanizar, portanto, a assistência de enfermagem, entendendo o paciente como um ser integral, formado por corpo, mente e espírito é, na verdade, o objetivo da sistematização”, conclui Raquel.

Histórico

A precursora desse processo no Brasil foi a enfermeira Wanda Horta que implantou a sistematização nos hospitais, já no final da década de 60.

Em outros países essa metodologia existe há mais tempo, graças à enfermeira Florence Nightngale, nascida em 1820, fundadora da primeira escola de enfermagem do mundo e responsável pela base dos modernos serviços de enfermagem e infraestrutura hospitalar.

O tema será discutido por especialistas no II Congresso Brasileiro de Qualidade em Enfermagem, que acontece nos dias 05 e 06 de junho, em São Paulo, sob a coordenação científica da Prof. Dra. Luciane Lúcio Pereira do Centro Universitário São Camilo.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: