Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Leite Enriquecido com Cálcio é uma das Armas para Prevenir Osteoporose

São Paulo, 29 de Novembro de 2000(eHLA). A Batávia, empresa brasileira no ramo de alimentos, foi uma das patrocinadoras do Simpósio Nacional de Medicina, realizado no último sábado, no Rio de Janeiro. Durante o evento, a empresa apresentou o leite Batavo longa vida com Cálcio. O produto contém 30% a mais de cálcio do que o leite integral comum, ajudando a prevenir doenças causadas por carência deste mineral, como a osteoporose. Organizado pela Sociedade Brasileira de Osteoporose e pela Sociedade Brasileira de Medicina Antienvelhecimento, o simpósio contou com a presença de cerca de 400 médicos e teve como principal tema a osteoporose. “A orientação da Organização Mundial de Osteoporose é para que as pessoas façam a prevenção desde cedo. Dois copos por dia do leite enriquecido suprem totalmente as necessidades diárias de cálcio de um adulto”, afirma Fernandes Assumpção, gerente de produto da Batávia.

Osteoporose, que significa osso poroso, é uma doença resultante da perda gradual da substância óssea que ocorre naturalmente com o envelhecimento, em todos indivíduos. Isso produz fragilidade do osso e aumenta o risco de fraturas, especialmente do quadril, coluna e punho. “A osteoporose é um fator de risco para fraturas assim como a hipertensão é risco para infarto do miocárdio ou derrame cerebral, se o osso é mais fraco, um trauma mínimo ou uma queda pode causar uma fratura ou um colapso vertebral”, explica Rubem Lederman, presidente da Sociedade Brasileira de Osteoporose (SOBRAO).

A osteoporose afeta uma grande quantidade de pessoas e a prevalência aumenta com a idade da população. Uma das principais causas da doença é uma dieta pobre em cálcio (o cálcio é a base para a formação do osso e está presente nos derivados do leite, verduras, peixe etc). Além das mulheres na menopausa, o grupo de risco é formado pelas pessoas claras ou asiáticas, magras, baixas, com história familiar de osteoporose, fumantes, pessoas que fazem uso excessivo de álcool ou café, pessoas com dietas pobres em cálcio, pessoas que fazem uso prolongado de alguns medicamentos, as imobilizadas em uma cama ou cadeira de rodas por mais de dois meses, entre outros riscos. Como prevenção, o exame deve ser feito por todas as mulheres a partir dos 45 anos de idade e todos os homens a partir dos 55 anos de idade.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: