Publicidade

Notícias de saúde

Vaticano Critica Holanda pela Legalização da Eutanásia

VATICANO (Reuters) - O Vaticano criticou o voto do Parlamento holandês a favor da legalização da eutanásia, afirmando que a decisão é uma violação à dignidade humana. A histórica votação na Câmara Baixa do Parlamento em Amsterdã, que terminou em 104-40, fez da Holanda o primeiro país a votar pela legalização da controversa prática, depois de décadas de tolerância não oficial à eutanásia.

A lei deverá ser votada na Câmara Alta no ano que vem.

"É triste que a Holanda se torne o primeiro a querer aprovar uma lei que vai contra a dignidade humana", disse o porta-voz do Vaticano, Joaquin Navarro-Valls.

"Essa lei impõe uma séria questão de consciência a ser enfrentada pelos médicos", afirmou ele à Reuters.

"Mais uma vez, estamos diante de uma lei do Estado que se opõe à lei da consciência humana", acrescentou o porta-voz.

Segundo Valls, a lei holandesa contradiz as declarações sobre ética que foram adotadas durante anos pela comunidade médica.

A Igreja Católica Romana prega que a vida começa no momento da concepção e termina no momento da morte natural.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: