Publicidade

Notícias de saúde

Ingestão ocasional de álcool poderia prolongar a vida de pacientes com insuficiência cardíaca?

15 de janeiro de 2019 (Bibliomed). Um novo estudo publicado no JAMA Network Open sugere que ingerir uma bebida de maneira ocasional não irá prejudicar (e pode até mesmo ajudar) idosos com insuficiência cardíaca. A insuficiência cardíaca é uma condição em que o coração diminui a sua capacidade de bombear sangue suficiente para o corpo. Pode ser causada por um problemas nas artérias coronárias do coração (como em um infarto do miocárdio) ou por doenças crônicas, como diabetes ou doença renal, dentre outras causas.

No estudo, os pesquisadores coletaram dados de cerca de 5.900 indivíduos que participaram de um dos principais estudos de saúde do coração nos EUA, de 1989 a 1993. Entre os participantes, cerca de 400 desenvolveram insuficiência cardíaca.

Verificou-se que os pacientes com insuficiência cardíaca que bebiam com moderação - uma bebida por dia para as mulheres, duas para os homens - tiveram uma sobrevida média que foi um ano a mais do que os não-diabéticos.

Na verdade, o estudo não consegue provar que a ingestão moderada de álcool causou o benefício na longevidade. É possível que outros fatores entre os bebedores possam ser responsáveis, segundo os pesquisadores.

Sabe-se que o álcool é uma das causas de insuficiência cardíaca. Este estudo, de fato, poderia encantar a indústria do álcool e confundir o público. Na verdade, não se deve concluir a partir deste estudo que o álcool em qualquer quantidade seja seguro ou possa prolongar a vida após um diagnóstico de insuficiência cardíaca.

Fonte: Washington University in St. Louis. Press release.

Copyright © 2019 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: