Publicidade

Artigos de saúde

Doença das Artérias Coronárias

Equipe editorial Bibliomed

- O que é doença arterial coronária?
- Quais são as causas?
- Quais são os sintomas ?
- Como é diagnosticada?
- Como proceder o tratamento?
- Quanto tempo os efeitos durarão?
- Que cuidados devem ser tomados?

O que é doença arterial coronária?

A doença arterial coronária (DAC) é um tipo de doença do coração causada por bloqueio gradual das artérias coronárias.

Nesta doença, camadas espessas de tecido gorduroso (placas) formam-se no interior das paredes das artérias responsáveis pelo fluxo de oxigênio e nutrientes do sangue até o coração. À medida que a placa aumenta em espessura, o fluxo de sangue diminui e, às vezes, a própria placa (ou um coágulo de sangue formado nela) pode bloquear completamente a artéria e, com isso, o coração recebe menos oxigênio. Este estreitamento das artérias pela placa, e às vezes o bloqueio completo, aumentam o risco de ataque cardíaco e morte súbita.

Quais são as causas?

Vários fatores aumentam o risco de acúmulo de placas gordurosas nas artérias:

- tendência herdada (genética);
- tabagismo;
- pressão sangüínea elevada;
- diabetes;
- obesidade;
- níveis altos de gordura de sangue (por exemplo, colesterol);
- pouco exercício físico.

Quais são os sintomas ?

A doença arterial coronária pode não ter nenhum sintoma. Quando há sintomas, o mais comum é a dor de tórax, chamada angina. Esta dor normalmente se manifesta como uma pressão pesada em baixo do esterno. Você pode sentir isto em seu abdômen, podendo pensar que é um distúrbio gástrico. Você pode sentir também a pressão em seu pescoço, ombros, braços, e até mandíbula.

Quando você tiver angina, você também pode ter freqüentemente encurtamento da respiração, aversão à luz, suores frios, ou náusea.

A angina tende a acontecer com o esforço, depois de uma refeição pesada, ou com tensão emocional. Porém, a angina pode acontecer também quando você estiver descansando. A dor acontece mais fácil e freqüentemente com o tempo frio.

Como é diagnosticada?

Seu médico fará exames e questionará os sintomas e o histórico familiar. Amostras do sangue serão testadas no laboratório para que sejam conferidos os níveis e tipos de gorduras (lipídios) em seu sangue. Será necessário fazer exercícios e em seguida um eletrocardiograma (ECG) que proporcionará a melhor avaliação do médico ao verificar a resposta elétrica de seu coração e do seu corpo durante o exercício. Serão então injetados contrastes radioativos (isótopos) na circulação sangüínea e feitas radiografias para ver o funcionamento do coração durante o teste.

Ecocardiografia (ultrassom) também pode ser feito durante o exercício para que seja observado o movimento do coração.

Freqüentemente a cateterização cardíaca é necessária. Este exame mostra o fluxo de sangue através das artérias coronárias, inclusive o número e tamanho de quaisquer bloqueios, permitindo que o cardiologista ou cirurgião cardiovascular recomende o melhor tratamento.

Como proceder o tratamento?

A meta do tratamento é fazê-lo retomar um estilo de vida ativo e completamente produtivo. O tipo de tratamento depende de muitos fatores, como a idade, função do músculo cardíaco e outros problemas de saúde.

A princípio, o tratamento pode incluir mudanças na dieta e um programa de exercício monitorado. O médico pode prescrever um medicamento para prevenir dor no peito. Se depois de algum tempo este tratamento for ineficaz ou se as artérias coronárias estiverem seriamente bloqueadas, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica como a angioplastia que é um método de abrir, ou dilatar, uma artéria parcialmente bloqueada através de um tubo fino (cateter). O procedimento envolve algum risco, porém menor que o da ponte de safena.

Se tiver bloqueios muito graves ou múltiplos, o médico pode recomendar cirurgia "bypass" da artéria coronária. Artérias do tórax, abdômen, ou braço, ou veias das pernas(safenas), são usadas para criar desvios ao redor das áreas de bloqueio nas artérias do coração.

Quanto tempo os efeitos durarão?

Da mesma maneira que o tratamento é diferente para cada pessoa, assim é o curso da doença. Muitas pessoas respondem bem à angioplastia com balão ou ponte de safena e retornam a vida muito ativa, às vezes mais ativas que antes do diagnóstico.

As pessoas que têm doença avançada com complicações na ocasião do diagnóstico e aqueles que são inaptos para adaptar-se a um estilo de vida mais saudável são menos propensos a ter um bom resultado a longo prazo.

Que cuidados devem ser tomados?

- Siga instruções do médico, inclusive aquelas relativas à dieta, atividade, exercício, horário de medicação, e consultas de acompanhamento.

- Não fume.

- Verifique periódicamente o nível de colesterol para certificar-se de que esteja normal, ainda que isto exija medicamento.


Reveja sua história médica pessoal e familiar e seus hábitos para que saiba qual é o risco de doença arterial coronária que apresenta para que seja capaz de determinar os melhores meios para diminuir tal risco.

Siga o conselho de seu médico para quaisquer mudanças em sua dieta e atividade diária. Alimente-se com uma dieta saudável, ajuste-se ao tipo certo de exercício, e não fume.

NOTA: Se você sentiu dor torácica semelhante a angina, procure atenção médica imediata.

Copyright Bibliomed, Inc. 23 de setembro de 2013.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: