Publicidade

Notícias de saúde

Mães deprimidas podem atrapalhar sono de seus bebês

19 de abril de 2012 (Bibliomed). Mães que estejam sofrendo de depressão e se preocupam excessivamente com o bem estar de seus bebês podem prejudicar o sono da criança. Ao responderem a barulhos do filho que não precisavam de retorno da mãe, ou ao mover a criança para sua própria cama para aliviar suas ansiedades, elas podem estar interrompendo o descanso do bebê.

Uma nova pesquisa feita na Pennsylvania State University comparou essa atitude em mães saudáveis e deprimidas. As que sofriam da doença tinham chances maiores de acordarem seus filhos sem necessidade.

“Quando mães deprimidas procuraram seus bebês durante a noite, eles não pareciam precisar da ajuda delas. Eles estavam adormecidos ou acordados, mas não perturbados”, explica o pesquisador Douglas Teti.

“Problemas de sono frequentemente duram até depois do início da infância, e podem ter um efeito negativo em vários aspectos do desenvolvimento, incluindo o funcionamento emocional, comportamental e acadêmico. Entender como a depressão materna e os problemas de sono se combinam e afetam o desenvolvimento da criança é importante para o desenvolvimento de intervenções que ajudem a reduzir essas conseqüências negativas”, completa Teti.

A pesquisa foi publicada no periódico Child Development.

Fonte: Live Science, 17 de abril de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: