Publicidade

Notícias de saúde

O efeito Mozart: música do compositor ajuda médicos a realizarem colonoscopias

03 de novembro de 2011 (Bibliomed).  Em 1993 pesquisadores publicaram uma pesquisa em que era discutida uma teoria peculiar – o efeito Mozart, ou, a forma como as músicas do compositor pode temporariamente melhorar a habilidade de uma pessoa de visualizar padrões espaciais.

Com base nessa teoria, pesquisadores americanos desenvolveram um estudo com o objetivo de avaliar se as músicas de Mozart ajudariam médicos a encontrarem pólipos ao realizarem colonoscopias. Esses pólipos são crescimentos que podem levar ao câncer de cólon.

A colonoscopia é um procedimento complicado que exige muito da percepção espacial de médicos, que precisam guiar um escopo através do intestino, tomando cuidado para não perfurar o cólon enquanto retira crescimentos que pareçam suspeitos.

Para testar a teoria, os pesquisadores escolheram dois médicos, estudando o seu desempenho durante um ano antes de fazer os experimentos. Quanto à taxa de percepção dos pólipos, os médicos obtiveram 21% e 27%.

As taxas de desempenho dos médicos aumentaram para 66% e 37% quando eles fizeram as colonoscopias enquanto ouviam Mozart. Esses resultados apontam que os médicos foram capazes de encontrar mais pólipos em mais pacientes enquanto escutavam músicas desse compositor do que quando não as escutavam.

Como o estudo envolveu apenas dois médicos fazendo um número baixo de colonoscopias, o aumento nas taxas de detecção de pólipos não é estatisticamente forte. Além disso, o ‘efeito Mozart’ é difícil de ser comprovado. Porém, tocar as músicas desse compositor em salas de cirurgia não tem custos altos e não oferece riscos, o que favorece o desenvolvimento de mais estudos sobre o tema.

A pesquisa foi apresentada no encontro anual da American College of Gastroenterology.

Fonte: Live Science 31 de outubro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: