Publicidade

Notícias de saúde

Fofoca pode ter efeito protetor

23 de maio de 2011 (Bibliomed). A fofoca muitas vezes é usada para o entretenimento e a diversão, mas a sua função pode ir muito além disso.

Um novo estudo desenvolvido na Universidade da Califórnia (EUA) afirma que a fofoca pode ter uma função de proteção, pois permite que alguém decida se uma pessoa é uma ameaça em potencial sem precisar construir experiências com ela.

A pesquisa foi baseada no impacto visual da fofoca. Em um experimento, os cientistas pediam aos participantes que olhassem para duas coisas, o que causa uma situação de rivalidade no cérebro. De acordo com o funcionamento do órgão, a pessoa pode ver apenas uma coisa de cada vez, e o tempo que o indivíduo passa olhando cada imagem é normalmente determinado de forma inconsciente.

Os participantes olharam imagens de rostos de pessoas e receberam informações negativas, positivas ou neutras sobre elas, como “ele jogou uma cadeira em um colega de sala”, “ela ajudou uma senhora com as suas compras” ou “ele passou por um homem na rua”. Em um segundo teste, duas imagens foram apresentadas – um rosto e uma casa – e os participantes só podiam ver uma imagem de cada vez. Os experimentos mostraram que as pessoas passaram mais tempo olhando os rostos que estavam acompanhados de informações negativas. As pessoas prestaram mais atenção aos rostos de indivíduos sobre quem elas tinham lido coisas ruins.

“A idéia seria, baseada na descoberta, que se nós podemos ver essas pessoas (de quem se falou mal) por um tempo mais longo, nós podemos conseguir mais informações sobre elas. Pode ser um mecanismo que evoluiu para nos proteger de mentirosos e trapaceiros e pessoas nos nossos grandes grupos sociais que têm o potencial de nos fazer mal”, explica a pesquisadora Eliza Bliss-Moreau. 

O estudo foi publicado online em Science.

Fonte: WebMD 19 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: