Publicidade

Notícias de saúde

Mensagens de celular ajudam a abandonar o cigarro

10 de março de 2011 (Bibliomed). Cientistas da Universidade do Oregon de diversos centros de educação americanos recrutaram 27 fumantes para participarem de um estudo. A primeira parte da pesquisa consistia em usar ressonância magnética para mapear as áreas do cérebro responsáveis pelo controle de impulsos. De acordo com os resultados, é possível prever as habilidades que cada indivíduo tem de inibir desejos. Os dados adquiridos com a ressonância permitem a criação de programas específicos de abandono de vício para cada pessoa.

Partindo dessa constatação, os cientistas usaram na segunda etapa do estudo mensagens de celular como parte de um programa para fumantes que queriam abandonar o vício em cigarros. Os participantes usaram oito mensagens por dia, durante três semanas, para documentar o uso de cigarro, humores e desejo de fumar.

As mensagens mostraram serem tão eficientes quanto palmtops ou eletrônicos similares, usados em programas feitos especificamente para o indivíduo. Esses eletrônicos são caros e não são todas as pessoas que entendem bem o seu funcionamento. Já os celulares são um objeto que a maioria das pessoas já possui.

Essa pesquisa confirma a eficácia já demonstrada em estudos anteriores de que a monitoração de pacientes entre determinados períodos de tempo ajuda no controle das influências que a memória tem sobre a pessoa. Além disso, o estudo confirma também que é importante medir a vontade de fumar e a resistência a ela em tempo real.

Fonte: EurekAlert! 7 de março de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: