Publicidade

Notícias de saúde

Estresse bem antes da menstruação pode aumentar os sintomas da TPM

26 de agosto de 2010 (Bibliomed). Sentir-se estressada nas semanas que antecedem o ciclo menstrual pode aumentar suas chances de ter sintomas mais severos da TPM (tensão pré-menstrual), segundo estudo recentemente publicado no Journal of Women's Health. De acordo com especialistas do Instituto Nacional da Saúde da Criança dos Estados Unidos, as mulheres que relatam maiores níveis de estresse semanas antes da menstruação são de duas a três vezes mais propensas a terem depressão, tristeza, crises de choro e a sofrerem sintomas físicos, como dores no corpo, inchaço, câimbras e dores de cabeça.

“O estresse no início do ciclo é um fator de risco para TPM, e combater o estresse com ioga, exercícios ou meditação pode ajudar a prevenir os sintomas da TPM ou torná-los muito mais controláveis, ao ponto de algumas mulheres não precisarem de medicação”, destacou a pesquisadora Audra L. Gollenberg. “Mais de 50% das mulheres relatam algum grau de sintomas da TPM, e isso é responsável por dias perdidos no trabalho. Se pudermos descobrir formas de prevenir ou aliviar a TPM sem medicamentos, será ótimo”, completou.

Avaliando dados de 259 mulheres com idades entre 18 e 44 anos sobre estresse e TPM, os pesquisadores observaram que aquelas que relatavam estresse semanas antes do primeiro ciclo avaliado, mas não do segundo, tinham sintomas mais severos semanas depois, comparadas às não estressadas. E aquelas que relataram estresse em ambos os ciclos avaliados eram 25 vezes mais propensas a ter sintomas físicos e psicológicos da TPM do que aquelas que relataram menos estresse no período. 

De acordo com os especialistas, esse estudo “lança uma luz interessante sobre a TPM, pois ele mostra que as coisas estão acontecendo em outros pontos do ciclo (menstrual)”, enquanto muitos tratamentos focam apenas nos piores dias do da TPM ou naquele período específico do mês. “Isso abre meus olhos e, espero, muitos outros olhos para o fato de que podemos ter uma janela de oportunidade maior para intervir, tratar e fazer uma diferença real para as mulheres com TPM”, concluiu a pesquisadora.

Fonte: Journal of Women's Health. Maio de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: