Publicidade

Notícias de saúde

Estudo associa o tempo em frente à TV ao risco de asma na infância

25 de março de 2009 (Bibliomed). Quanto mais tempo uma criança com cerca de três anos de idade fica em frente à televisão, maior é seu risco de desenvolver asma mais tarde, segundo estudo britânico publicado este mês na revista científica Thorax. De acordo com os pesquisadores, mesmo apenas duas horas de TV por dia podem ser prejudiciais para o sistema respiratório das crianças pequenas.

Os pesquisadores avaliaram dados de crianças que participaram do Estudo Longitudinal Avon de Pais e Filhos, da Universidade de Bristol, que incluiu 14 mil mães e seus filhos. E notaram que, em crianças sem sintomas de chieira aos três anos, a prevalência de asma até os 11 anos de idade seria de 6%.

As análises mostraram que o aumento do tempo dessas crianças pequenas em frente à TV estava associado a uma maior prevalência de asma aos 11 anos de idade. Aquelas que assistiam à TV por mais de duas horas diárias eram quase duas vezes mais propensas a desenvolver asma aos 11 anos do que as crianças que ficavam em frente ao aparelho por menos de duas horas por dia.

“Uma maior duração em frente à TV em crianças assintomáticas para sibilância aos três anos estava associada com o desenvolvimento de asma na infância mais tarde”, concluíram os pesquisadores.

O estudo não indica as razões dessa relação. Em outra pesquisa sobre o assunto, publicada no ano passado na revista Epidemiology, os especialistas da Universidade Católica de Roma especulam que isso pode ocorrer porque as crianças que ficam muito tempo paradas em frente à TV inspiram mais superficialmente do que os mais ativos, o que atrapalha o funcionamento dos pulmões. Porém mais estudos são necessários.

Fonte: Thorax. 13 de março de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: