Publicidade

Notícias de saúde

Chutar ou chorar durante o sono aumenta risco de demência, diz estudo

30 de dezembro de 2008 (Bibliomed). Pessoas que apresentam problemas como o fato de chutar ou chorar durante o sono podem estar sob maior risco de desenvolver demência ou doença de Parkinson, segundo estudo publicado na última semana na revista Neurology. A condição, chamada de distúrbio comportamental do sono REM, é marcada por atividade muscular excessiva, normalmente interagindo com o sonho.

Acompanhando, por cinco anos, 93 pessoas com esse distúrbio do sono e sem sinais de doenças neurodegenerativas, como doença de Alzheimer ou de Parkinson, no início do estudo, os pesquisadores observaram que houve uma grande incidência de doenças neurodegenerativas. No total, 26 pessoas tiveram esse tipo de doença – 14 desenvolveram doença de Parkinson; 11 tiveram demência (Alzheimer ou demência com corpos de Lewy); e um paciente teve atrofia de múltiplos sistemas.

Entre esses pacientes com o problema do sono, o risco estimado de desenvolver doenças neurodegenerativas em cinco anos seria de 18%, com um risco em dez anos de 41%, e o risco em 12 anos de 52% – taxa alta, em comparação com a da população geral. Porém, isso se aplicaria apenas àqueles com distúrbio comportamental do sono REM sem causas conhecidas.

De acordo com os autores, esses resultados são de grande interesse para as pessoas com esses distúrbios de sono, seus médicos e familiares. “Os resultados podem ajudar-nos a entender melhor como essas doenças neurodegenerativas se desenvolvem. Eles também sugerem que pode haver uma oportunidade de proteção contra a progressão da doença, provavelmente até a prevenindo antes que os sintomas possam aparecer”, destacou o pesquisador Ronald B. Postuma da Universidade McGill, no Canadá.

Fonte: EurekAlert. Public release. 24 de dezembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: