Publicidade

Notícias de saúde

Substância em frutas e vegetais melhora resposta de pessoas com câncer à quimioterapia

27 de outubro de 2008 (Bibliomed). Um novo estudo da Universidade da Califórnia em Riverside, EUA, sugere que a ingestão de apigenina – substância naturalmente encontrada em frutas (maçã e uvas, principalmente) e verduras (como salsa, manjericão e aipo) – melhora a resposta das células de câncer ao tratamento com quimioterapia. De acordo com os autores, a descoberta é importante porque a resistência das células de tumor à quimioterapia é a principal causa de morte em pessoas com câncer.

Em testes em laboratório, os cientistas constataram que a apigenina localiza, no núcleo da célula, uma proteína supressora tumoral chamada p53 – passo necessário para matar células tumorais em resposta à quimioterapia. Com isso, ela teria propriedades inibidoras do crescimento de tumores, incluindo os de câncer de mama, de cólon, de pele, de tireóide, do pâncreas e leucemia.

Normalmente, as células têm baixos níveis de p53 espalhada no citoplasma e no núcleo. E, quando o DNA do núcleo é danificado, o p53 se move para o núcleo, onde ativa genes que param o crescimento celular e levam a célula à morte.

Em muitos casos de câncer, o p53 está inativo por um processo chamado seqüestro citoplasmático. E, segundo os pesquisadores, a apigenina seria capaz de ativar essa proteína e transportá-la para o núcleo, levando à interrupção do crescimento celular e conseqüente morte da célula doente. “Nosso estudo advoga a inclusão de verduras e frutas na nossa dieta diária para ajudar a prevenir o câncer”, ressaltaram os autores.

Fonte: EurekAlert. Public release. 22 de outubro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: