Publicidade

Notícias de saúde

Suporte familiar diminui efeitos colaterais da quimioterapia

29 de outubro de 2007 (Bibliomed). O enjôo ou náusea é uma sensação de mal estar que usualmente precede episódios de vômito. Costuma cursar com indisposição, aumento da produção de saliva, tonteira, dentre outras manifestações desagradáveis. As náuseas são complicações relativamente comuns dos tratamentos quimioterápico e radioterápico, uma vez que estes influem na harmonia do funcionamento do trato digestivo.

O grau de ansiedade do paciente e a ocorrência de episódios prévios de enjôo pós-quimioterapia são fortes preditores de episódios de náusea antecipatória, diante da expectativa de nova dose dos medicamentos. Por sua vez, a influência do suporte familiar, na chance de ocorrência deste sintoma, é pouco esclarecida, conforme revelam pesquisadores norte americanos da University of Rochester School of Medicine, que publicaram um estudo na revista Journal of Pain and Symptom Management, em Setembro de 2007.

Foram incluídos na pesquisa 539 doentes com câncer de mama, em regime de quimioterapia. Os resultados apresentados demonstraram, que a presença de suporte familiar sólido, se associa a uma redução dos níveis de ansiedade do paciente e consequentemente diminuição da severidade do enjôo antecipatório e de episódios de náusea pós-quimioterapia.

O incentivo ao apoio familiar deve fazer parte da abordagem de pacientes com câncer sob tratamento quimioterápico. Isto culmina em inegáveis benefícios na qualidade de vida dos doentes.

Fonte: Journal of Pain and Symptom Management 2007; 34 (3): 265 – 276 (September).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: