Publicidade

Notícias de saúde

Prática de tai chi pode trazer benefícios para pessoas com espondilite anquilosante

21 de setembro de 2007 (Bibliomed). O tai chi, arte marcial interna chinesa, que associa movimentos circulares com exercícios respiratórios, pode melhorar a atividade da espondilite anquilosante, doença inflamatória reumática da coluna, e a flexibilidade dos pacientes, de acordo com pesquisadores da Coréia do Sul.

O estudo avaliou os efeitos da prática do tai chi na atividade da doença, na flexibilidade e na depressão de 40 pessoas com espondilite anquilosante. Para isso, os participantes foram divididos em dois grupos. Um deles praticou, durante oito semanas consecutivas, o tai chi duas vezes por semana e, por mais oito semanas, a arte marcial foi feita em casa. E o outro grupo não passou por essa terapia.

Após esse período, os pacientes que haviam praticado tai chi apresentaram melhoras mais significativas do que as pessoas do grupo controle. Na verdade, segundo os pesquisadores, todas as análises desses pacientes estavam melhores do que antes, o que não acontecia com os participantes que ficaram sem praticar a arte marcial. Mas eles alertam que não se pode descartar que o efeito placebo seja responsável pela melhora, ou seja, que a técnica não tenha efeitos terapêuticos, a não ser pela crença do paciente.

De qualquer forma, de acordo com os especialistas, o tai chi pode ser uma boa terapia na espondilite anquilosante, na medida em que é facilmente acessível aos pacientes que sofrem dessa patologia, que restringe os movimentos e causa muitas dores.

Fonte: Evidence-based Complementary and Alternative Medicine – 20 de Julho

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: