Publicidade

Notícias de saúde

Exposição à TV aumenta problemas de comportamento em crianças

18 de Setembro de 2002 (Bibliomed). Crianças que passam mais tempo assistindo à televisão, independentemente do conteúdo da programação, são mais propensas a serem agressivas e a exibirem outros tipos de problemas sociais. Foi o que revelou um estudo realizado por pesquisadores turcos, da Universidade Hacettepe, em Ancara. “Acredita-se que não apenas o tempo prolongado em frente à TV, mas talvez a inatividade e o isolamento social durante a exposição também possam contribuir para aumentar os índices de comportamento agressivo”, explicaram, em um artigo publicado na edição de setembro da revista Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine.

Ao entrevistarem os pais de 689 estudantes da segunda e terceira séries, os pesquisadores descobriram que as crianças assistiam à televisão em média durante 2,5 horas por dia, e que nos finais de semana essa exposição aumenta. Os especialistas observaram, ainda, que a idade e o sexo também influenciavam no tempo de permanência em frente à televisão. Cada ano de acréscimo tornou as crianças 33% mais propensas a ver televisão por mais de duas horas diariamente, e os meninos tiveram tendência quase duas vezes maior a assistir à televisão por mais de 2 horas por dia que as garotas.

No estudo, os pesquisadores descobriram que quanto mais tempo a criança assistia à televisão, independentemente do conteúdo da programação, mais propensa ela era a apresentar problemas sociais e comportamento agressivo ou delinqüente. Esses resultados não esclareceram, no entanto, se o ato de assistir à televisão coloca as crianças sob risco maior de desenvolver problemas de comportamento ou se as crianças com problemas de comportamento são mais propensas a ver televisão.

Mesmo assim, os pesquisadores sugeriram que as famílias restringissem o tempo que as crianças gastam vendo televisão, estimulando-as a participar de relações ativas com amigos. "A exposição prolongada à televisão pode ser considerada um dos novos sintomas dessa era tecnológica e merece mais atenção e avaliação em cada aspecto", disseram. Para a pesquisadora Flaura Koplin Winston, do Hospital Infantil da Filadélfia, na Pensilvânia, o estudo ofereceu mais evidências de que é preciso controlar o que as crianças estão vendo. "A televisão exerce uma influência muito poderosa sobre as crianças em tudo, desde o que devem comer a como devem se comportar", disse.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: