Publicidade

Notícias de saúde

Pediatras recomendam testes de visão para crianças

Belo Horizonte, 14 de Março de 2002 (Bibliomed). Todas as crianças devem se submeter a testes de visão para ambliopia, ou visão preguiçosa, e um novo teste pode auxiliar a identificação deste problema principalmente em crianças de idade muito tenra.

O teste é chamado de photoscreening, e utiliza uma câmera ou sistema de vídeo que grava imagens dos reflexos oculares. Este teste não necessita da cooperação da criança, possibilitando seu uso em crianças de baixa idade. Apenas é necessário que a criança fixe seus olhos em um alvo por tempo suficiente para realização do teste.

Apesar de ser projetado para diagnóstico de ambliopia, o teste pode também auxiliar o diagnóstico de estrabismo (mau alinhamento dos olhos), cataratas e tumores raros.

A ambliopia atinge de 1% a 4% das crianças, mas apenas uma em cada cinco crianças em idade pré-escolar já realizou testes para a condição. A ambliopia pode resultar em perda de visão se não for tratada adequadamente.

A ambliopia, ou olho preguiçoso, pode surgir a partir de vários problemas de visão. O fundamento é que, para se desenvolver adequadamente, o olho deve ser utilizado e estimulado com freqüência. É a partir da recepção de imagens e de transmissão destas imagens ao cérebro que os trajetos nervosos se desenvolvem, e se não houver transmissão, não há desenvolvimento.

A ambliopia acontece quando, por algum motivo, a criança utiliza mais um olho para ver do que o outro: por exemplo, uma criança estrábica tende a focalizar os objetos mais com o olho menos torto, deixando o outro olho praticamente em “repouso” a maior parte ou todo o tempo; assim, o olho torto vai ficando pouco desenvolvido, e se não houver tratamento, a criança pode terminar por perder a capacidade de ver com este olho, tornando o problema inicial insolúvel.

O tratamento da ambliopia deve ser planejado a partir da condição que propiciou o seu surgimento: no estrabismo, pode ser utilizada correção cirúrgica ou manobra de ocluir o olho menos torto para forçar a visão no olho mais torto; nas cataratas, a cirurgia pode ser a alternativa; e assim por diante. O importante é garantir que os impulsos nervosos estejam percorrendo os nervos, de forma a estimular seu crescimento e desenvolvimento.

É importante lembrar que estratégias de tratamento nunca devem ser planejadas por pessoas sem capacitação técnica para tal: é necessário a intervenção de um oftalmologista, que está capacitado a decidir qual tipo de tratamento é mais adequado para a condição existente. A visão talvez seja o sentido mais importante para o ser humano, e o controle e tratamento de problemas de visão deve ser feito por profissionais capacitados, pois os danos decorrentes de uma abordagem mal feita poderão prejudicar o indivíduo por toda a vida.

O novo teste, além de propiciar o diagnóstico precoce da condição, possibilita o diagnóstico em crianças com dificuldades ou retardo do desenvolvimento, que poderiam retardar ou mesmo impedir a realização dos testes convencionais.

Porém, o novo método ainda deve ser mais extensamente estudado, para determinar sua exatidão, eficácia e relação custo-benefício. Independente do método utilizado, a recomendação é que os pais procurem realizar exames de vista em seus filhos regularmente, para que se possa fazer diagnóstico precoce desta condição e de outras.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: