Publicidade

Notícias de saúde

Molho de tomate protege contra o câncer

Belo Horizonte, 13 de Março de 2002 (Bibliomed). A ingestão de produtos cozidos derivados do tomate, como molhos, ketchup e outros preparados, reduz o risco de câncer de próstata em até trinta e seis por cento.

Pesquisadores dos Estados Unidos confirmaram, em uma pesquisa recente, que a ingestão de produtos ricos em licopeno, um poderoso antioxidante, é capaz de prevenir a formação deste tipo de câncer. O estudo foi publicado pelo National Cancer Institute.

Foram analisadas as opções alimentares e as histórias de câncer de próstata de mais de 47.000 homens e descobriu-se que aqueles que ingeriam produtos derivados do tomate pelo menos duas vezes por semana tinham um risco de 24% a 36% menor de contrair o câncer de próstata.

Já se sabia que o licopeno era capaz de proteger contra o câncer devido à sua habilidade de absorver radicais livres. Os radicais livres são moléculas químicas criadas durante o metabolismo normal que são capazes de danificar a estrutura das células, causando alterações no DNA das mesmas e induzindo, dentre outras coisas, a formação de tumores.

Além de formados naturalmente durante o metabolismo, os radicais livres são produzidos em excesso devido ao fumo, alcoolismo e outros hábitos pouco saudáveis.

O câncer de próstata é um dos principais tumores masculinos, e é causa importante de morte e doença em homens com mais de 50 anos. Estratégias preventivas incluem exames de próstata anuais após os 50 anos, dosagem de PSA (Antígeno prostático específico) e acompanhamento clínico.

Os sintomas de alerta são dificuldade para urinar, redução do jato urinário e, raramente, dor. O tratamento, se descoberto precocemente, tem bons resultados, e pode incluir cirurgia, hormonioterapia (supressão do hormônio testosterona, que “alimenta” o tumor) e radioterapia.

O estudo demonstrou que o consumo de alimentos rico em licopeno cozido exerce efeito protetor provavelmente devido ao fato de que o cozimento libera mais licopeno a partir das células vegetais. Nosso organismo não tem capacidade para digerir completamente os vegetais, por falta de uma determinada enzima em nosso suco digestivo. Provavelmente por isto o maior benefício foi proveniente do consumo de tomates cozidos, ao invés de frescos.

Este estudo foi importante para provar que nossa saúde em geral, e o risco de câncer em particular, é diretamente influenciado pelo que comemos. O papel das vitaminas e minerais, presentes em alimentos naturais como frutas, vegetais, carne magra e grãos têm sido cada vez mais valorizado na prevenção de doenças. Uma dieta rica nestes nutrientes, suficientemente variada e saudável protege e muito contra a evolução de várias doenças, inclusive, segundo este estudo, o câncer de próstata.

O benefício observado pelo consumo de derivados do tomate mostra também que é a dieta a melhor forma de ingestão de nutrientes. O uso de vitaminas industrializadas, em pílulas, comprimidos efervescentes e outros, têm aplicação restrita, não substituindo de forma alguma a ingestão de uma dieta rica e variada. Nem tudo ainda está descoberto sobre os benefícios de uma dieta saudável, mas vale a pena apostar um pouco mais nos alimentos como forma de preservação geral da saúde.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: