Publicidade

Notícias de saúde

Analgésicos São Associados a Risco de Aborto

05 de Fevereiro de 2001 (Bibliomed). Mulheres grávidas foram advertidas na sexta-feira para evitar tomar analgésicos comuns sem receita, depois que um estudo mostrou que muitos desses remédios podem estar ligados ao aumento do risco de aborto.

Em um relatório da publicação The British Medical Journal, médicos do hospital Odder, na Dinamarca, descobriram que mulheres que tomam remédios conhecidos como drogas antiinflamatórias não-esteróides (NSAID) têm mais riscos de sofrer um aborto que as que não tomam.

Mas os pesquisadores frisaram que os remédios não causam anormalidades no feto e não sabem se outros medicamentos ou outros fatores foram a causa dos abortos.

"Avaliamos o uso do NSAID em casos de aborto, e foi encontrada uma associação positiva. Entretanto, não sabemos se foi o NSAID a causa", disse Gunnar Lauge Nielson, médico residente do hospital Odder, em entrevista pelo telefone.

Ele disse que era impossível determinar por enquanto se os abortos foram resultado dos NSAIDs ou se ocorreram antes de o medicamento ser administrado. A recomendação de evitar os analgésicos é uma precaução.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: