Publicidade

Notícias de saúde

Teste de Urina Rápido e Barato Pode Detectar Câncer de Bexiga

18 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Uma molécula que ajuda as células cancerosas a se esquivarem do sistema de defesa do corpo pode ajudar os médicos a detectar câncer de bexiga por meio de um teste de urina simples e barato.

A molécula, chamada survivina (survivin, em inglês), ajuda as células cancerosas a escapar do sistema de "controle de qualidade" do corpo, que normalmente acelera a autodestruição de células anormais. Agora, segundo cientistas, a presença da substância na urina pode indicar câncer de bexiga.

Dario C. Altieri disse à Reuters Health que o futuro teste poderá ser realizado rapidamente e no próprio consultório médico. Altieri e seus colegas da Faculdade de Medicina da Universidade Yale, em New Haven, Connecticut, nos EUA, publicaram seus achados na edição de 17 de janeiro da revista "The Journal of the American Medical Association".

Quando a equipe de Altieri descobriu a molécula em 1997, percebeu que embora não estivesse presente nos tecidos adultos normais, ela era detectável nos tipos mais comuns de câncer, como pulmão, cólon, pâncreas, próstata e mama.

Para medir a eficácia do composto como indicador de câncer de bexiga, os pesquisadores observaram vários grupos de pessoas, alguns com câncer de bexiga, alguns com doença do trato urinário e outros saudáveis. Eles descobriram que todos os 46 pacientes que tinham câncer de bexiga apresentavam a substância na urina, enquanto nenhum dos voluntários saudáveis tinham.

Apenas alguns participantes que não tinham câncer de bexiga tiveram um resultado positivo no teste. Testes de urina já são usados para detectar células cancerosas, mas, segundo Altieri, esses exames são sofisticados e caros.

Se a eficiência dos exames de survivina for a mesma em testes de maior escala, ela poderá ser usada para diagnosticar câncer de bexiga. Poderá também poupar os sobreviventes de câncer de bexiga de testes invasivos usados para identificar a reincidência -- que ocorre em 80% dos pacientes.

E ainda, segundo Altieri, como a substância está presente em vários tipos de câncer, poderá ser a base de uma série de novos exames. No entanto, ele enfatizou, "esse estudo é realmente apenas um primeiro passo".

Câncer de bexiga é o sexto câncer mais comum nos Estados Unidos, matando mais de 12.000 pessoas por ano, segundo a Sociedade Americana de Câncer. Quando o câncer é detectado em fase inicial, o índice de sobrevivência durante cinco anos supera 90%. Sintomas incluem sangue na urina e dor para urinar.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: