Publicidade

Notícias de saúde

Gene pode Ajudar a Prevenir Disseminação de Câncer de Mama

NEW YORK, (Reuters Health) - Pesquisadores identificaram um gene que parece exercer um papel na prevenção da disseminação do câncer de mama para outras partes do corpo.

A esperança é que um melhor entendimento deste gene possa levar a novas estratégias de prevenção da disseminação ou metástase, do câncer de mama.

Quando o câncer está confinado à mama, as taxas de sobrevida são altas; uma vez que há disseminação aos nódulos linfáticos ou a outras partes do corpo, entretanto, controlar o câncer se torna muito mais difícil.

Numa procura por genes que previnam as metástases do câncer de mama, o Dr. Danny R. Welch e colegas da Pennsylvania State University College of Medicine em Hershey, notou que as metástases não ocorriam quando uma versão normal de um determinado cromossoma era introduzida nas células cancerosas da mama desenvolvidas em laboratório. Após uma pesquisa deste cromossoma (cromossoma 11) eles identificaram o gene como possível gene supressor de metástase. Eles denominaram o gene BRMS1, ou "Breast Cancer Metastasis Supressor 1". Para testar os efeitos do BRMS1, os pesquisadores estudaram dois grupos de ratos. Um grupo foi inseminado com células cancerosas de mama humanas que tinham o gene, enquanto o outro grupo recebeu células cancerosas da mama sem a adição do gene.

Em ambos os grupos de ratos, os tumores continuaram a crescer aproximadamente na mesma taxa. Mas as metástases foram muito menos extensas em ratos que receberam BRMS1 normal, sugerindo que quando o gene está mutado ou danificado, as células têm maior tendência à disseminação.

Os ratos que receberam uma cópia funcionante do gene BRMS1 tiveram uma redução de 50 a 90% de tumores nos nódulos linfáticos e pulmões quando comparados com os outros ratos. Enquanto esta estratégia não poderia nunca ser usada para tratar pacientes com câncer de mama (não há maneira fácil de colocar o BRMS1 dentro das células cancerosas crescendo no corpo), ela certamente esclarece a função do gene.

"Já que a atribuição mais letal das células cancerígenas é a sua habilidade de disseminação e colonização em sítios distantes, o entendimento das funções do gene BRMS1 pode ajudar a prevenir as metástases e melhorar as taxas de sobrevida do câncer de mama", concluem o Dr. Welch e colegas.

Os autores apontam que, até hoje, somente seis outros genes que podem ajudar a suprimir metástases cancerosas em estudos com animais foram identificados.

FONTE: Câncer Research 2000;60:2764-2769.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: