Publicidade

Notícias de saúde

Sequenciado Primeiro Grupo de Interações Entre Proteínas

12 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Uma equipe de cientistas e programadores de computador de uma empresa de biotecnologia dos Estados Unidos sequenciou um grupo de interações entre certas proteínas humanas. A descoberta pode ajudar pesquisadores a desenvolver tratamentos que tenham como alvo proteínas envolvidas em certas doenças.

A revelação demonstra que é possível "começar a preencher o mural de interações de uma célula", disse John Rodwell, presidente e chefe técnico da AxCell Biosciences, à Reuters Health.

"Isso nos dá o grupo de dados iniciais com que nossos primeiros clientes poderão sequenciar os trajetos da proteína e estudar interações."

As interações entre proteínas desempenham as tarefas da existência humana diária -- desde a replicação celular até a transmissão de impulsos nervosos e o combate a vírus e ao câncer -- e podem causar doenças se agirem de modo incorreto.

A AxCell, uma subsidiária da Cytogen Corporation, com base em Newtown, Pensilvânia, usou testes robóticos e dados do Projeto do Genoma Humano para identificar mais de 69.000 dessas interações encontradas na chamada família de proteínas de domínio WW. Os domínios são as partes das proteínas envolvidas nas interações.

A família WW é uma das cerca de 80 encontradas em células humanas e vem sendo relacionada a diversos distúrbios, incluindo a hipertensão, doenças de imunodeficiência e distrofia muscular. "Pessoalmente, acho que outras doenças serão identificadas como sendo associadas a trajetos envolvendo os domínios WW também", disse Rodwell em entrevista.

"A AxCell forneceu um grupo de dados interessantes para a compreensão dos trajetos de sinalização das proteínas", afirmou Leroy Hood, fundador do Instituto de Biologia de Sistemas, uma organização independente com base em Seattle, Washington, que desenvolve pesquisas biomédicas.

O estudo das proteínas no corpo humano é chamado de proteômica. A proteômica se concentra nas áreas que a "genômica", ou o estudo dos genes que atuam como cópias das proteínas, não abrange.

As empresas biofarmacêuticas pretendem entender como as proteínas estão envolvidas em doenças e desenvolver tratamentos para as mesmas.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: