Publicidade

Notícias de saúde

ONU Pede Mais Investigação Sobre Urânio na Bósnia e em Kosovo

12 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Autoridades da área de meio ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU) pediram na quinta-feira a realização de uma investigação em locais da Bósnia e de Kosovo em que foram usadas munições com urânio empobrecido.

Klaus Toepfer, chefe do Programa de Meio Ambiente da ONU (Unep), e Pekka Haavisto, que lidera a equipe da Força Tarefa dos Bálcãs que recolheu amostras de terra de 11 locais de Kosovo, afirmaram que todos os 112 locais de Kosovo em que foi usado aquele tipo de munição devem ser analisados.

Os dois também apelaram às autoridades da região para que cerquem todas aquelas áreas da Província iugoslava e impeçam o acesso da população até que elas sejam limpas.

"Acreditamos que todos os locais de Kosovo devem ser investigados para que saibamos se há pedaços de munição, se há maiores riscos", disse Toepfer durante uma entrevista coletiva realizada em Genebra (Suíça).

"Também acredito que o mesmo que estamos fazendo em Kosovo deve ser feito na Bósnia", acrescentou Toepfer, um ex-ministro do Meio Ambiente da Alemanha.

Questionado sobre a situação do Iraque, onde também foram usadas munições contendo urânio empobrecido, Toepfer afirmou que as descobertas feitas em Kosovo serviriam de base para que se decidisse sobre medidas a serem tomadas no país árabe.

O governo iraquiano atribui às munições ocidentais com urânio usadas durante a Guerra do Golfo (1991) a responsabilidade pela morte por câncer de milhares de pessoas.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: