Publicidade

Notícias de saúde

Toxicologia Alerta Sobre o Perigo dos Escorpiões

O Estado de Minas Gerais, parte de São Paulo, Bahia e Goiás são as regiões brasileiras consideradas propícias à proliferação dos escorpiões. O escorpião representa um perigo maior para as crianças menores de seis anos de idade.

Segundo o Serviço de Toxicologia do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, duas ou três pessoas são picadas por escorpião/dia e em alguns casos são registradas mortes em conseqüência de complicações causadas pelo veneno. No caso de Minas, o escorpião mais encontrado é o Tityus Serrulatus ou escorpião amarelo. Com as crianças são as maiores vitimas, o Centro de Toxicologia informa que devido à fragilidade do organismo e o peso corporal influenciam na ação do veneno. O mais comum é a dor intensa no local da picada. Como conseqüência podem ocorrer ainda, os vômitos, sudorese intensa e até parada cardíaca e acidente vascular cerebral

Cuidados

Para se prevenir são necessários alguns cuidados básicos, como : manter sempre fechados os ralos de pias, banheiros e tanques; manter limpas e vedadas as caixas de gordura; eliminar frestas nas paredes, muros, etc; proteger as soleiras de portas; eliminar baratas e não acumular lixo ou entulho. Além disso, agite os sapatos e roupas antes de usar; verificar sempre se não há escorpiões antes de pegar panos de chão e roupas úmidas; deixar os panos de chão sempre dependurados e tomar sempre cuidado ao mexer com lenhas, entulhos, tijolos, folhagens e pedras.

Em caso de acidente, procure imediatamente um centro médico especializado que normalmente contam com equipes especializadas para tratamento de picadas de escorpião e outros animais. Se detectar a presença de algum escorpião em sua casa, apartamento ou região onde mora, procure imediatamente o distrito sanitário de seu bairro, região ou cidade.

É preciso lembrar ainda que os escorpiões gostam de lugares úmidos e escuros, como os esgotos, onde encontram alimento em abundância com as baratas, por exemplo. A maior ocorrência de escorpiões acontece durante os meses de dezembro e janeiro, além dos períodos chuvosos, época na qual acontece o desalojamento geral da espécie que sempre busca uma superfície para sobreviver. Além disso, é preciso ficar atento as construções antigas, em especial, com porões que são considerados excelentes refúgios e também, os locais com lixo acumulado. Com não existe no mercado produto capaz de eliminar os escorpiões devido à sua resistência , tomar medidas de prevenção é o que se tem para fazer.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: