Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Brinquedotecas Ajudam a Humanizar Atendimento a Crianças nos Hospitais

São Paulo, 23 de Novembro de 2000 (eHLA). O Hospital Universitário da USP, em São Paulo, inaugurou este mês uma brinquedoteca com o objetivo de auxiliar na recuperação das crianças internadas. A construção do espaço só foi possível graças a doações. O apoio veio da associação judaica B’nai B’rith, que arrecadou em uma campanha mais de sete mil brinquedos. “Esse espaço irá ajudar os profissionais a darem um tom mais familiar ao cotidiano das crianças atendidas”, afirma Albert Bousso, pediatra do hospital. Para ele, a formação universitária dos profissionais precisa levar mais em conta as relações entre paciente e médico. “O movimento de humanização do tratamento já existe no Brasil, mas precisa ser mais bem discutido nas universidades”, afirma.

O objetivo desses espaços, além de amenizar a internação da criança, é permitir que ela se expresse de uma forma natural e espontânea. O local permite também dar continuidade a atividades que ela desenvolveria normalmente fora do hospital, como ler livros, escrever a quadro-negro e brincar com outras crianças. “A medicina passou por um século de evolução tecnológica muito intensa, mas ainda precisa evoluir muito na melhoria da relação entre o médico e o paciente. Um hospital com profissionais preparados para interagir com os pacientes pode ser muito mais humano do que um cheio de recursos”, afirma a psicóloga Morgana Maretti, que pesquisa o trabalho dos Doutores da Alegria.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: