Publicidade

Notícias de saúde

Laser Destrói Pequenos Tumores de Mama

NOVA YORK (Reuters Health). Uma terapia experimental com laser que destrói pequenos tumores de mama pode eventualmente permitir que algumas mulheres com evitem a cirurgia. Os pesquisadores que estudam a técnica enfatizam que sua eficácia e segurança ainda não foram comparadas às da terapia convencional.

O uso da mamografia e a maior preocupação com o câncer de mama levaram ao aumento dos diagnósticos de tumores com menos de 1 centímetro de diâmetro. Normalmente, esses tumores pequenos são removidos por lumpectomia, cirurgia em que são retirados apenas o tumor e parte do tecido que o envolve, bem menos que na mastectomia.

Pesquisadores do Centro Médico Rush-Presbiteriano St. Luke, em Chicago (Illinois) estão desenvolvendo uma alternativa para a cirurgia. A técnica, conhecida como terapia de laser guiado estereostaticamente, usa um feixe de radiação para matar as células do tumor. Pequenos cortes são feitos na pele para inserir o laser e o procedimento é monitorado por uma sonda.

O trabalho da equipe de Kambiz Dowlatshahi, publicado na edição de novembro do Archives of Surgery, resumiu vários anos de experiência com o uso da técnica no tratamento de pequenos tumores de mama.

Até agora, os especialistas testaram o laser em 36 mulheres com tumores de até 2 centímetros de diâmetro.

Depois de passar pelo tratamento experimental, todas foram submetidas a uma lumpectomia. Os pesquisadores enfatizaram que o trabalho não significa uma avaliação conclusiva da terapia com laser, mas tem o objetivo de informar outros cirurgiões sobre a evolução da nova técnica.

Depois da remoção cirurgia do tumor, a equipe verificou que o tratamento com laser tinha matado completamente todas as células do tumor em 24 mulheres. Em outras 12 mulheres uma pequena fileira de células malignas vivia em torno das células cancerosas mortas pelo laser. O tratamento não causou nenhum efeito colateral significativo, embora duas mulheres tenham sofrido queimaduras por causa do calor da sonda.

Baseados na experiência que acumularam até agora, os pesquisadores concluíram que pequenos tumores de mama podem ser completamente destruídos com o laser. Além disso, o procedimento não exige internação hospitalar e pode ser feito com uso de anestesia local.

Os autores advertem que o tratamento com laser pode não ser tão efetivo em tumores com 1,5 cm ou mais de diâmetro ou tumores menores, sem limites razoavelmente definidos.

Os pesquisadores pretendem convidar outros especialistas para participar de nova pesquisa, em que o tratamento com laser será comparado à lumpectomia e a outras terapias menos invasivas contra o câncer de mama.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: