Publicidade

Notícias de saúde

Uma Gêmea Siamesa Sobrevive a Cirurgia

LONDRES (Reuters) - O hospital britânico onde as gêmeas siamesas Jodie e Mary foram separadas informou que uma das crianças, Mary, morreu e sua irmã está em estado crítico, mas estável.

A porta-voz do hospital St. Mary, em Manchester, no norte da Inglaterra, afirmou que a cirurgia começou na manhã de segunda-feira e terminou na madrugada de terça-feira, com apenas uma sobrevivente.

As bebês -- conhecidas como Jodie e Mary para proteger suas verdadeiras identidades -- nasceram em 8 de agosto, unidas pelo abdôme e com a mesma coluna vertebral.

"Jodie está numa condição crítica, mas estável. Infelizmente, apesar de todos os esforços da equipe médica, Mary lamentavelmente morreu", disse a porta-voz.

Os pais das gêmeas, católicos romanos de Malta, opuseram-se à cirurgia por motivos religiosos, mas os médicos argumentaram que ambas as crianças morreriam sem a operação e a justiça britânica determinou que a cirurgia fosse feita.

A equipe médica de 20 profissionais salvou a vida de Jodie acabando com a de Marie: uma postura condenada por grupos católicos e de oposição ao aborto.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: