Publicidade

Notícias de saúde

Fracassa Tentativa Judicial de Impedir Separação de Siamesas

LONDRES (Reuters) - Organizações britânicas de defesa da vida perderam uma batalha legal na sexta-feira, quando a Justiça rejeitou a tentativa de impedir a separação cirúrgica de gêmeas siamesas. A cirurgia provocará a morte de um dos bebês.

O pedido foi feito por Bruno Quintavalle, diretor da organização Prolife Alliance.

Ele decidiu entrar na Justiça depois que Laurence Oates, representante da bebê Mary (que morrerá na operação), desistiu de apelar contra outra determinação judicial em favor da cirurgia. Os pais das gêmeas são contra a operação.

Os médicos dizem que Mary tem mais probabilidade de morrer em consequência da operação. Sua irmã, Jodie, provavelmente sobreviverá. A cirurgia deverá ser realizada na próxima semana.

Mary e Jodie nasceram num hospital de Manchester, no norte da Inglaterra, no dia 8 de agosto.

Os pais, católicos fervorosos provenientes de Malta, dizem que Deus, e não os médicos, tem o direito de decidir qual das duas sobreviverá.

As crianças são unidas pelo abdôme e compartilham um coração e um par de pulmões.

Os médicos dizem que Mary depende de Jodie e que pode tirar a vida da irmã se a cirurgia não for realizada.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: