Publicidade

Notícias de saúde

Cérebro Usa as Mesmas Regiões Quando Vê e Imagina

WASHINGTON (Reuters) - Imaginar e ver é, virtualmente, a mesma coisa para o cérebro, afirmaram cientistas na quarta-feira.

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, e do Instituto de Pesquisa Rotman, em Toronto, Canadá, disseram que as mesmas partes do cérebro são ativadas quando uma pessoa imagina um rosto ou uma cena ou quando a mesma pessoa vê uma fotografia do mesmo rosto ou lugar.

Além disso, os pesquisadores conseguiram dizer, com 85 por cento de exatidão, se uma pessoa estava pensando em um rosto ou um lugar, analisando como seu cérebro era ativado.

"Usamos os mesmos mecanismos cerebrais quando vemos ativamente e quando imaginamos", disse Nancy Kanwisher, do MIT, em um comunicado.

Kanwisher e Kathleen O'Craven, do Instituto de Pesquisa Rotman, explicaram, em Journal of Cognitive Neuroscience, que utilizaram imagem de ressonância magnética funcional (fMRI) para visualizar o cérebro de voluntários.

Os cientistas pediram aos participantes para olhar fotografias de lugares ou rostos e, depois, para criar, com os olhos fechados, a imagem mental dos mesmos rostos e cenas.

As imagens de fMRI "revelam uma similaridade surpreendente entre as regiões ativadas durante imaginação e aquelas ativadas durante a percepção", disseram os cientistas.

"Estas descobertas reforçam a evidência de que a imaginação e a percepção compartilham de mecanismos de processamento comuns e demonstra que regiões cerebrais específicas ativadas durante imaginação mental dependem do conteúdo da imagem visual", afirmam os pesquisadores.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: