Publicidade

Notícias de saúde

Pesquisadores Anunciam Possível Tratamento para Parkinson

TÓQUIO (Reuters) - Um grupo de cientistas japoneses anunciou na quinta-feira ter descoberto uma forma de substituir e reparar órgãos e tecidos doentes que poderia ajudar pessoas com doença de Parkinson.

Os pesquisadores da Kyowa Hakko Kogyo Co. Ltd., líder do emergente setor de biotecnologia do Japão, da Universidade de Kyoto e do Instituto de Pesquisa Química e Física, informaram em declaração conjunta que conseguiram produzir uma quantidade suficiente de dopamina -- substância necessária para transmissão de mensagens entre os neurônios em todo o corpo -- em experimentos com ratos.

A produção de dopamina e a transferência para os pacientes são considerados pontos cruciais no tratamento do Parkinson, mas até agora não foi encontrado um método confiável para extrair dopamina das células nervosas, informaram.

Os pesquisadores vão pedir o patenteamento da nova técnica e acreditam que o procedimento pode ser aplicado com sucesso no tratamento da doença de Parkinson.

A enfermidade afeta aproximadamente duas em cada mil pessoas e a maioria desenvolve a doença depois dos 50 anos de idade. O problema afeta tanto homens quanto mulheres, sendo uma das causas mais comuns de distúrbios neurológicos em idosos.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: