Publicidade

Notícias de saúde

Associações entre ansiedade, depressão e uso de álcool em garotas adolescentes

09 de janeiro de 2019 (Bibliomed). Em garotas adolescentes, a depressão, mas não a ansiedade, prediz o uso futuro de álcool, de acordo com um estudo publicado na revista Alcoholism: Clinical and Experimental Research.

Pesquisadores da Stony Brook University, em Nova York, e colegas examinaram correlações recíprocas entre gravidade da ansiedade, gravidade da depressão e uso de álcool entre 2.100 adolescentes do sexo feminino. As participantes foram avaliadas anualmente entre as idades de 13 e 17 anos. Elas relataram a gravidade da depressão, a gravidade da ansiedade e a frequência de uso de álcool no ano anterior.

Os pesquisadores descobriram que a maior gravidade da depressão previa de maneira modesta uma maior probabilidade de uso subsequente de álcool de 13 a 17 anos. Para o caminho inverso, as relações eram inconsistentes. Quando as garotas tinham 14 e 16 anos de idade, o consumo de álcool previu a diminuição da gravidade da depressão; em outras associações, as correlações não foram significativas. Não houve associação consistente entre a gravidade da ansiedade e o uso de álcool.

Os resultados levantam a possibilidade de que os programas de prevenção da depressão possam gerar benefícios secundários em relação ao uso de álcool pelas adolescentes.

Fonte: Alcoholism. DOI: 10.1111/acer.13913.

Copyright © 2019 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: