Publicidade

Notícias de saúde

Aumento de atividade física em crianças pode diminuir custos com despesas médicas

12 de maio de 2017 (Bibliomed). Apenas um pequeno aumento na atividade física das crianças poderia economizar uma fortuna em despesas médicas e salários perdidos.

A obesidade está ligada a graves problemas de saúde, como diabetes e doenças cardíacas. A economia nos gastos em saúde mais do que compensam os custos dos programas destinados a aumentar os níveis de atividade.

Usando dados do governo federal americano, pesquisadores da Johns Hopkins Bloomberg Escola de Saúde Pública Global Obesity criaram um modelo de computador para determinar como as mudanças nos níveis de atividade física entre oito a 11 anos de idade poderia afetá-los ao longo de sua vida. Os pesquisadores também avaliaram o impacto econômico resultante.

Os investigadores disseram que se todas as crianças de oito a 11 anos de idade fizessem 25 minutos de exercício três vezes por semana, isso evitaria US$ 62,3 bilhões em custos médicos e perda salários durante suas vidas. Além disso, 1,2 milhões menos de jovens seriam obesos ou com sobrepeso.

Além disso, para cada ano que as crianças nessa faixa etária atingissem níveis mais elevados de atividade física, um adicional de US$ 60 bilhões seria economizado, de acordo com o estudo.

As descobertas mostram que encorajar o exercício e investir em atividades físicas, paga grandes dividendos à medida que as crianças crescem.

Fonte: Johns Hopkins University, news release, May 1, 2017

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: