Publicidade

Notícias de saúde

Crianças obesas estão em maior risco de internação hospitalar

28 de julho de 2016 (Bibliomed). As taxas de obesidade e excesso de peso para as crianças menores de cinco anos são cerca de 7% em todo o mundo. Mas na Austrália, no Reino Unido e nos Estados Unidos, a taxa sobe bastante, chegando a atingir até 23%. Agora, um novo estudo revela que os pré-escolares obesos têm de duas a três vezes mais probabilidade de serem internados em hospitais do que seus pares de peso saudável.

Um novo estudo australiano publicado na revista Obesity também descobriu que os custos de cuidados de saúde são cerca de 60% mais elevados para as crianças obesas.

O novo estudo analisou os padrões de utilização de cuidados de saúde entre 350 crianças de dois a cinco anos. Isto incluiu visitas a especialistas, internações hospitalares, visitas ao departamento de Emergência, e o uso de serviços de diagnóstico, exames médicos e medicamentos.

Os pesquisadores descobriram que crianças obesas eram mais propensas a serem internadas em um hospital para dificuldades respiratórias, assim como para doenças do ouvido, nariz, boca e/ou garganta.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Sidney, na Austrália, a obesidade infantil é um grave problema de saúde pública, e está se tornando um problema crescente em crianças menores de cinco anos de idade. Além dos impactos sobre a saúde da obesidade infantil, há grandes impactos econômicos, que podem ocorrer mais precocemente do que se pensava anteriormente.

Fonte: University of Sydney, news release, July 6, 2016

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: