Publicidade

Notícias de saúde

Dor crônica eleva os custos de utilização dos sistemas de saúde

22 de dezembro de 2015 (Bibliomed). Condições de dor crônica representam um aumento substancial na utilização do sistema de saúde, de acordo com um estudo publicado na revista Pain Practice.

Investigadores ligados ao laboratório farmacêutico Pfizer Inc., em Nova York analisaram dados de registros médicos e de cobranças eletrônicas de saúde do Sistema de Saúde Henry Ford para determinar a utilização dos recursos de cuidados de saúde e os custos para os pacientes com 24 condições de dor crônica (Janeiro a Dezembro de 2010).

Com base em 12.165 pacientes, os pesquisadores descobriram que, além de gastos com a farmácia, consultas ambulatoriais era o recurso mais utilizado, com média de 18,8 consultas por paciente para o período. Visitas especiais foram responsáveis ​​por 59% das consultas externas. Uma média de 5,2 exames de imagem foram utilizados por paciente. Os opiáceos foram a medicação mais comumente prescrita (38,7% ). Para todas as condições, os custos diretos totais anuais, em dólares americanos, foram de $ 386.000.000 ($ 31.692 por paciente). Mais de 14% dos custos totais foram de custos de farmácia, mas consultas ambulatoriais representaram os maiores custos.

Segundo os autores, esse tipo de pesquisa oferece suporte a sistemas integrados para a avaliação de oportunidades para melhorar os resultados dos pacientes e reduzir os custos para os doentes com dor crônica.

Fonte: Pain Practice. DOI: 10.1111/papr.12357

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: