Publicidade

Notícias de saúde

Uso do tradutor Google na comunicação médica apresenta falhas

26 de fevereiro de 2015 (Bibliomed). A comunicação é a pedra angular da medicina, sem a qual o médico não pode interagir com seus pacientes. O conselho americano de boas prática médicas afirma que "Os médicos devem ouvir os pacientes, ter em conta os seus pontos de vista e responder honestamente às suas perguntas."  No entanto, é muito comum o atendimento a pacientes que não falam a língua local. No Reino Unido, a maioria dos hospitais têm acesso a serviços de tradução, mas eles são caros e muitas vezes complicados. Na verdade, mesmo em uma língua nativa, tem-se um elemento de tradução de terminologia médica para leigos. Assim, foi realizado um estudo para avaliar a precisão e utilidade do Google Tradutor para traduzir declarações médicas inglesas comuns a pacientes falantes de outra língua.

Esse tradutor teve uma precisão de apenas 57,7% quando usado para traduções de frases médicas e não deve ser confiável para comunicações médicas importantes. No entanto, ainda continua a ser o modo inicial mais facilmente disponível e livre de comunicação entre médico e paciente quando a língua é uma barreira. Embora todo cuidado seja necessário quando salvar vidas ou comunicações legais sejam necessárias, ele pode ser um complemento útil para serviços de tradução humana quando outros meios não estão disponíveis.

Fonte: BMJ 2014; 349: g7392.

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: