Dormir pouco reduz eficácia de vacinas

Comentar

Saúde da família

Pessoas que dormem menos de seis horas por noite têm menos chances de reagir positivamente à vacina do que tem sono regular. Pesquisa realizada nos Estados Unidos envolveu 70 mulheres de 55 homens, com idade entre 40 e 60 anos, saudáveis e não-fumantes.

Os participantes receberam três doses de vacina para hepatite B e os níveis de anticorpos para o vírus foram medidos antes das segundas e terceiras doses e após seis meses da dose final. Todos os voluntários anotaram diariamente suas horas de sono, a hora que despertavam e a qualidade da noite. Além disso, 88 deles usaram monitores de sono eletrônicos.

O estudo mostrou que pessoas que dormem menos de seis horas por noite tinham menos chances de montar respostas de anticorpos à vacina e eram mais susceptíveis de ficarem desprotegidos contra o vírus, mesmo quando vacinados. Dos 125 participantes, 18 não receberam proteção adequada da vacina, segundo o estudo que foi publicado na revista Sleep.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>